OS GUERREIROS DE TERRACOTA



Exército de terracota, Guerreiros de Xian ou ainda Exército do imperador Qin, é uma coleção de esculturas de terracota representando os exércitos de Qin Shi Huang, o primeiro imperador da China. É uma forma de arte funerária enterrada com o imperador em 210-209 a.C. e cuja finalidade era proteger o governante chinês em sua vida após a morte.


As esculturas, que datam aproximadamente do final do século III a.C, foram descobertas em 1974 por agricultores locais no Distrito de Lintong, em Xi'an, na província de Shaanxi. As estátuas incluem guerreiros, carruagens e cavalos e foram fabricadas por artesãos do governo que as faziam em partes que, após a queima, eram unidas em uma peça só.



Este exército foi realizado para ser a réplica do exército verdadeiro do imperador, portanto as figuras dos soldados foram posicionadas com a mesma formação militar, respeitando a patente de cada oficial. Também por esta razão, estas figuras apresentavam variações de peso, penteado, indumentária e altura – que variava de 1,78 a 1,97, sendo os mais altos os generais. 




Para dar ainda mais realismo a este exército de terracota, os artesãos acrescentavam às figuras espadas de bronze, arcos e flechas, lanças, machados e adagas que recebiam um tratamento especial para resistirem à ferrugem e à corrosão . Estes artesãos mostravam sua precisão e qualidade de trabalho ao esculpirem armaduras semelhantes às reais e ao pintarem as expressões faciais individualizadas para cada soldado.



Pelo volume do trabalho, chegou-se à conclusão de que a produção dessas estátuas teria começado logo que o imperador ascendeu ao poder, aos 13 anos, e se estendido por quase quatro décadas. Estima-se que cerca de 700.000 homens tenham sido mobilizados para fazer e enterrar este fabuloso exército. O que demonstrava o poder deste monarca que podia ordenar uma construção tão monumental. 


Estima-se que nos três poços, onde está enterrado o Exército de Terracota, há mais de 8.000 soldados, 130 carruagens e 670 cavalos. Na Primeira Trincheira, que representa a armada principal do imperador, encontram-se 6.000 destas figuras , na Segunda Trincheira, que representa a infantaria e cavalaria, cerca de 1.400 figuras e, na Terceira Trincheira, que representa a unidade de comando com os altos oficiais, 68 figuras.

Ainda hoje, quase 40 anos após a descoberta deste exército, existem escavações arqueológicas em curso, devido à fragilidade natural do material e sua difícil preservação.



Fonte:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Exército_de_terracotam perfeito estado.
https://chinanaminhavida.com/2014/07/03/xian-e-seus-soldados-de-terracota/
http://super.abril.com.br/historia/guerreiros-do-subterraneo/


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os quatro tesouros do estúdio

Porque fazer intercâmbio na China?

Fone de ouvido que faz tradução simultânea